A importância do consumo de proteínas pelos idosos

por Gigi em 30 de setembro de 2016
Naira C. Furlan Zago

Nutricionista (CRN: 20947)

O risco de desnutrição na população idosa é aumentado devido à redução da massa magra e da força na musculatura (conhecida como sarcopenia), decorrente da idade avançada e outros fatores que influenciam a ingestão de nutrientes. Uma ingestão adequada de energia, proteínas, vitaminas e minerais devem ser garantidas para o idoso, independente do seu estado nutricional. Como a recuperação de massa muscular é mais difícil do que nos jovens, um suporte nutricional preventivo deve ser considerado.

Estudos tem demonstrado uma associação positiva entre a ingestão diária de proteínas e a massa magra. Atualmente se fala em ofertar de 1 a 1,3g/kg de peso de proteína por dia ao invés de 0,8g como era antigamente.

Além de ofertar a proteína, ela precisa ser também fracionada em todas as refeições.

É sugerida que a ingestão de 25 a 30g de proteínas de alto valor biológico (de origem animal como carnes e leite) em cada refeição possa ser uma estratégia benéfica em termos de aumento da síntese proteica e conservação da massa muscular em adultos.

Para isso devemos incentivar o consumo de leite e seus derivados, variando os tipos de preparações como por exemplo leite com frutas, leite batido com gelatina, na forma de mingau ou iogurtes puros ou com pedaços de frutas, ou farelos nutritivos com o de aveia, queijos moles como o branco ou cottage em lanches intermediários ou junto com saladas, legumes refogados ou sopas.

Ou ainda podemos utilizar suplementos proteicos em pó, tipo Whey Protein (proteína do soro do leite), albumina ou creatina.

Esse consumo deve sempre ser orientado por um profissional médico ou nutricionista para adequação ideal da quantidade a ser consumida diariamente.

Também é recomendado iniciar o suporte nutricional não somente quando há manifestação de desnutrição, mas o quanto antes houver fatores indicando risco nutricional e enquanto for fisicamente possível.

Proteína do Soro do Leite

Evidencias epidemiológicas suportadas por estudos experimentais verificaram que o consumo de laticínios é associado à queda na prevalência de desordens metabólicas, mostrando que a proteína do soro do leite reduz a prevalência de riscos metabólicos individuais como hipertensão, dislipidemias e hiperglicemia leve. As proteínas do soro do leite apresentam um excelente perfil de aminoácidos, caracterizando-as como proteínas de alto valor biológico.

A proteína do soro do leite tem efeito positivo no controle da glicose pós prandial (nível de açúcar no sangue, uma a duas horas depois das refeições), no metabolismo de gorduras e de proteínas, e pode prevenir o declínio metabólico. Ainda, exerce papel importante no controle da pressão sanguínea e como agente redutor do risco cardíaco.

Também há evidências que a proteína do leite pode indiretamente melhorar a qualidade da saúde por promover mudanças na composição corporal em favor do aumento da massa magra e diminuição da massa gorda (gordura).

Esse suplemento pode ser utilizado puro, pois hoje existem vários sabores no mercado ou sabor neutro acrescido de frutas.

A oferta desse tipo de suplemento vem aumentando a cada dia, são varias marcas, tipos (proteína isolada, hidrolisada) e sabores, por isso venho reforçar, procure um profissional para auxiliar na escolha do tipo e quantidade a ser ingerida.

Participe também, deixe sua opinião, sugestão e críticas.

Até a próxima.




Foto por: Michael Stern

Naira C. Furlan Zago

Nutricionista (CRN: 20947)

Nutricionista Clinica graduada na Uniara e pós graduada na USC. Trabalhou no hospital Beneficência Portuguesa de Araraquara por 10 anos como responsável técnica pelo sistema de fornecimento de refeições a pacientes e funcionários, atendimento hospitalar e ambulatorial. Atualmente atua em consultório com atendimento ambulatorial individualizado, com tratamento de obesidade com cirurgia bariátrica e  BIG



Artigos relacionados

Para 2022, desejo que a atividade física seja seu remédio

Já faz dois anos que sobrevivemos a essa […]

Gentileza, tolerância e paz, uma realidade distante?

De coração, quero acreditar que a resposta para […]

Novembro Azul: Vamos falar sobre a saúde do homem?

o exterior a campanha do novembro azul é […]

A importância do autocuidado

Nesse post de hoje gostaria de refletir com […]

Gigi noticia



Pariticipe do nosso blog

Sugira um tema para a Gigi

Fique por dentro!

Inscreva-se para receber nossas newsletter e todas as novidades do Blog da Gigi.

Siga nossas redes sociais





© 2015 - 2022 Scaelife. Todos os direitos reservados.

Scaelife