Como sair da rotina e desenvolver atividades diferentes com idosos?

por Gigi em 20 de março de 2019
Wanda Patrocinio

Mestre em Gerontologia e Doutora em Educação

No texto de hoje vou falar um pouco sobre algumas sugestões de atividades que podem ser desenvolvidas com os idosos em vários contextos: centro-dia, centro de convivência, casa de repouso e até na própria residência. Para que possamos diversificar cada vez mais as atividades e quebrar um pouco a rotina.

Essas atividades são chamadas de estimuladoras e desenvolvem a integração social, a estimulação psicocognitiva, a motivação e o interesse pela vida.

“O diferencial de seu trabalho e/ou relação com os idosos está justamente nas atividades que vai oferecer! Use sua criatividade”.

Mãos de uma idosa realizando trabalhos manuais

Fonte: https://unsplash.com/photos/O_Xf5uToN-Q



 

Atividades de movimentos:

Dança Sênior: trabalha a memória recente, repetitiva e a coordenação motora;

Dança Circular: desperta a cooperação, o respeito mútuo, tolerância, aceitação.

Além da dança, podemos trabalhar o movimento pela yoga; tai chi chuan; lian gong; expressão corporal, entre outros.

 

Atividades cognitivas:

Essas atividades, de modo geral, trabalham a memória recente, temporal, espacial, afetiva e remota;

Capacitação Digital: noções básicas de computação e internet;

Línguas: estimula novas formas de comunicação;

Palestras: desenvolve raciocínio, capacidade de abstração e síntese;

Jornal Laboratório: desenvolve a criatividade, linguagem escrita e interesses variados;

Leitura, etc.

 

Atividades ocupacionais:

Artesanato: capacidade motora e criatividade;

Culinária: integração social, criatividade e o fazer;

Ikebana: arranjos florais e contato com a natureza;

Horta e jardinagem: capacidade motora, planejamento, cria expectativas;

Organização de oficinas em que cada dia ou semana um idoso exporá como foi sua experiência de trabalho ao longo da vida.

 

Atividades musicais e recreativas:

Coral: memória musical e integração social;

Teatro: integração social e memória funcional;

Bingo: trabalha a memória imediata e rapidez de raciocínio;

Gincanas: integração social e memória funcional;

Composições coreográficas: trabalha memória, movimento, desenvoltura e criatividade.

 

Atividades socioculturais:

Filmes: temas que procuram desenvolver a memória remota, funcional, relacionamentos afetivos evitando o isolamento social e atualização;

Concertos: músicas eruditas e populares, promovendo a convivência social;

Festividades: comemorações de datas significativas, trabalhando a memória remota e afetividade, promovendo um compromisso de vida;

Passeios e visitas a exposições;

Viagens.

O que se faz necessário é sempre levar em consideração os interesses dos idosos para que as atividades seja, realmente, significativas.




Fotos por: John Moeses Bauan

Philipp Lublasser

Edição de imagens pela equipe SCAElife

Wanda Patrocinio

Mestre em Gerontologia e Doutora em Educação

Idealizadora e Diretora da GeroVida – Arte, Educação e Vida Plena. Pedagoga, Mestre em Gerontologia, Doutora em Educação - UNICAMP. Professora, Pesquisadora e Terapeuta em Homeostase Quântica Informacional, Instituto Quantum.  Até junho de 2019 desempenhava o papel de professora do Programa de Mestrado de Gerontologia da Universidade Ibirapuera, UNIB, SP. Curso de Extensão em Psicogerontologia, PUC-SP. Curso de Estimulação Cognitiva com ênfase em memória para idosos, Pinus Longaeva, SP.

Tags:


Artigos relacionados

Suicídio na Velhice

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) nenhum […]

Violência contra a pessoa idosa

Dia 15 de junho se comemora o Dia […]

Atividades cognitivas e artísticas para idosos com Alzheimer

O que é Alzheimer? A Doença de Alzheimer […]

A influência da música na amenização dos sintomas de Alzheimer em idosos

A música e seus elementos constitutivos (harmonia, melodia, […]

Gigi noticia



Pariticipe do nosso blog

Sugira um tema para a Gigi

Fique por dentro!

Inscreva-se para receber nossas newsletter e todas as novidades do Blog da Gigi.

Siga nossas redes sociais





© 2015 - 2022 Scaelife. Todos os direitos reservados.

Scaelife