Fatos reais: Realidade existente abandono de Idosos. Qual atitude tomar?

por Gigi em 20 de abril de 2017
Amanda Coleone

Assistente Social (CRESS:53.047)

O post de hoje é simplesmente uma história interessante e polêmica a ser contada. E com essa história, gostaria que nossos leitores expressassem sua opinião, porque simplesmente não há certo ou errado, apenas o fato ocorrido.  O julgamento deste fato vai depender de cada um de nós diante dos valores, moralidade e éticas aprendidas com a vida.

Então vamos lá:

Eram 15:00 de uma quarta-feira antevéspera de feriado e uma senhora, aparentemente muito idosa, apresentou-se ao setor de Serviço Social do Lar onde trabalho, acompanhada de um taxista.

Ao questionar o motivo da presença da idosa, ouvi “vim morar aqui”.

E então fiquei sem reação, não é simples assim. Primeiramente tem que ser feita a demonstração de interesse, visita domiciliar, contato com familiares, reunião com equipe técnica, para DEPOIS e só DEPOIS de muita discussão, o parecer final sobre acolhimento ou não, uma vez que se trata de uma instituição sem fins lucrativos e com número de vagas fixo para recebimento de verba.

No entanto, esta senhora vinha de outra cidade, de outra instituição (particular), acompanhada apenas de um taxista. E com 90 anos de idade.

Questionei sobre a Clínica que a senhora havia frequentado anteriormente e não recebi bons elogios sobre o local.

Entrei em contato com esta Clinica, e me disseram que a idosa é lúcida (ainda que com 90 anos) e que tem o direito de ir e vir. Disseram ainda que entraram em contato com os familiares, porém nenhum deles se incomodou com o fato.

Questionei sobre os familiares, e fui informada que os 4 filhos são falecidos, restando apenas netos, os quais aceitariam cuidar da idosa apenas com determinação judicial.

Em discussão com advogados amigos, reafirmaram meus conhecimentos que se trata de uma responsabilidade da família.

Em contato com Ministério Público, fui orientada a acolher provisoriamente até conseguir algum resultado com os familiares.

Fiz e está feito até hoje.

Um dia de cada vez…

Sua opinião é muito importante, deixe seu comentário e sugetão.

Até a próxima.




Foto:Rodrigo Moraes

 

Amanda Coleone

Assistente Social (CRESS:53.047)

Assistente Social Graduada em Serviço Social pela Instituição Toledo de Ensino - ITE Bauru. Trabalha como assistente social no Lar São Vicente de Paulo – Ibitinga/SP e também na Prefeitura Municipal de Itápolis/SP. Possui em seu currículo realização de trabalho voluntário junto da "The Salvation Army" (Canadá) e Rotaract Club de Ibitinga.



Artigos relacionados

Suicídio na Velhice

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) nenhum […]

Violência contra a pessoa idosa

Dia 15 de junho se comemora o Dia […]

Atividades cognitivas e artísticas para idosos com Alzheimer

O que é Alzheimer? A Doença de Alzheimer […]

A influência da música na amenização dos sintomas de Alzheimer em idosos

A música e seus elementos constitutivos (harmonia, melodia, […]

Gigi noticia



Pariticipe do nosso blog

Sugira um tema para a Gigi

Fique por dentro!

Inscreva-se para receber nossas newsletter e todas as novidades do Blog da Gigi.

Siga nossas redes sociais





© 2015 - 2022 Scaelife. Todos os direitos reservados.

Scaelife