Usamos cookies para melhorar sua experiência no nosso site, acesse nossa Política de Privacidade e saiba mais. Ao usar o nosso site, você concorda com nossa política.

Aceitar Rejeitar

GESTÃO EM GERONTOLOGIA NO CONTEXTO ORGANIZACIONAL

por Gigi em 17 de outubro de 2019


Como já foi postado em alguns artigos aqui no Blog da Gigi, nosso país está caminhando para um aumento cada vez maior de idosos em nossa população. Com isso, temos visto nas últimas décadas um número crescente de empresas que buscam prestar serviços para a população idosa, com foco no envelhecimento saudável. Para tanto, se faz necessário que o profissional que faça a gestão organizacional destas empresas e instituições tenha amplo conhecimento em Gerontologia.



LEIA TAMBÉM: Você sabe o que é a Gestão Gerontológica Individual?



O papel do gestor em Gerontologia no contexto organizacional se concentra no entendimento do funcionamento da instituição / empresa, nas relações de trabalho, na dinâmica organizacional, no conhecimento das categorias profissionais interligadas com seu trabalho e nas demandas do indivíduo idoso, de modo a viabilizar os encaminhamentos adequados e garantir o acesso a produtos e serviços necessários e adequados para esta população.



Além disso, poderá realizar avaliação multidimensional dentro de organizações e/ou nos locais em que prestam serviços, bem como desenvolver planos de ação para a solução dos desafios encontrados para o aperfeiçoamento das atividades realizadas para idosos.



VOCÊ TAMBÉM GOSTAR: Como sair da rotina e desenvolver atividades diferentes com idosos?



Como qualquer empresa, uma organização focada na prestação de serviços para o público que envelhece precisa ter profissionais que possam desenvolver de forma adequada a área de Gerontologia, com um plano de gestão contextualizado para idosos, que possibilite passar pelos seguintes itens:



  • identificação da organização / empresa / instituição: qual missão, visão e valores. Estão adequados para atender a população idosa?


  • aspectos financeiros da empresa: há distribuição adequada das finanças, de modo a manter o ponto de equilíbrio?




  • as pessoas que trabalham na empresa / instituição têm conhecimento em Gerontologia? Compreendem a importância de se pensar no processo de envelhecimento para que o clima organizacional esteja realmente direcionado para um objetivo comum?


  • as estratégias de marketing utilizadas estão adequadas para atingir o público idoso.


Estas são apenas algumas questões a se pensar quando queremos trabalhar com uma gestão em Gerontologia adequada para o contexto organizacional.



Por fim, mesmo que o mercado para prestação de serviços e produtos para idosos esteja a todo vapor, não podemos negligenciar a qualidade do trabalho realizado, sempre com honestidade e transparência na relação com o público idoso.



CONHEÇA TAMBÉM A GEROVIDA: oferece assessoria, consultoria, projetos, palestras, cursos, vivências e aulas nas áreas de educação, artes corporais, gerontologia, qualidade de vida e homeostase quântica informacional.






Referências:



Reflexões da própria autora na experiência de quase 12 anos da empresa que criou e administra em prestação de serviços em Educação e Gerontologia.



https://sbgg.org.br/formacao-gerontologica-no-brasil-fortalecimento-e-valorizacao-do-profissional-de-gerontologia/



Varoto, A. A. G., Pedro, W. J. A., Viana, A. S., Ferreira, A. P., Luchesi, B. M., Barham, E. J., Orlandi, F. S., Mendiondo, S. S. Z., Pavarini, S. C. I., Melhado, V. (2013). Protocolo de avaliação gerontológica: Módulo organizacional. EDUFSCar, São Carlos.



Imagem por:  Matthias Zomer de Pexels










Sobre o Autor

Wanda Patrocinio

Gerontóloga

Idealizadora e Diretora da GeroVida – Arte, Educação e Vida Plena. Pedagoga, Mestre em Gerontologia, Doutora em Educação - UNICAMP. Professora, Pesquisadora e Terapeuta em Homeostase Quântica Informacional, Instituto Quantum.  Até junho de 2019 desempenhava o papel de professora do Programa de Mestrado de Gerontologia da Universidade Ibirapuera, UNIB, SP. Curso de Extensão em Psicogerontologia, PUC-SP. Curso de Estimulação Cognitiva com ênfase em memória para idosos, Pinus Longaeva, SP.

Tags:



Leia mais: